Tudo o que você precisa saber sobre Ovos

9/01/2015 0 Comments


Muitos dos nossos leitores tem dúvidas sobre qual a maneira mais saudável de consumir o ovo, sobre os perigos com o colesteral e a salmonella, entre outras coisas. Então aqui você vai entender tudo que precisa sobre ovos:

Imagem: docedieta

Quais as propriedades nutricionais do ovo?

As proteínas do ovo são encontradas geralmente na clara e são consideradas proteínas de alto valor biológico, porque contêm todos os aminoácidos essenciais, convertendo o ovo no alimento de maior qualidade proteica.

De fato, as proteínas do ovo servem de referência para valorizar a qualidade proteica de outros alimentos. A proteína mais abundante é a albumina, visto que 100 g de ovo nos oferece 13 g de proteínas.

A gema tem vários antioxidantes (vitaminas A e E, zinco, ferro, selênio e vanádio), substâncias com o poder de combater o envelhecimento das células; colina, um nutriente que protege a memória e ainda leucina, que evita a perda de massa magra.

O consumo do ovo aumenta os níveis de colesterol?

As novas pesquisas demonstram que o ovo não é o responsável pelo aumento do colesterol, desde que o seu consumo seja moderado. Um ovo contém 200mg de colesterol e a recomendação é de 300mg/dia. Consumido moderadamente (1 unidade por dia) não fará aumentar o colesterol. O excesso de colesterol não está relacionado com a ingestão de ovos apenas, mas sim com uma alimentação inadequada, onde há o consumo exagerado de gorduras saturadas e o baixo consumo de fibras.

É preciso lavar o ovo?


Para guardar, deve-se manter os ovos dentro da embalagem sem lavá-los, para não retirar a película natural que os protege contra rachaduras. Antes de prepará-los para consumo, no entanto, é recomendado lavá-los, especialmente se contêm sujeiras visíveis, mas apenas com água e uma esponja, não use detergentes e outros produtos de limpeza, isso pode ultrapassar a casca e contaminar o alimento.

Outra dica é não armazenar os ovos na porta da geladeira. Essa região da porta é a parte menos refrigerada, por isso que os ovos colocados neste local duram menos e estragam com mais facilidade.

Qual a melhor forma de consumir o ovo?

Imagem: iguaria

A forma mais saudável é cozido, apresenta 80 Kcal. Cozido por 2 a 3 minutos não perde muito as qualidades nutricionais. O frito pode chegar a 120 Kcal.

Evite consumir o ovo cru ou mal cozido, a gema do ovo crua pode ser uma fonte de bactérias, inclusive a salmonela, que causa diarreia, vômitos.

Dieta do ovo:

Esta dieta preza o consumo de 1 ovo por dia no café da manhã. O ovo é fonte de proteína completa, tem o poder de saciar mais rápido e evitar que a fome volte logo. O objetivo desta dieta é que assim você fique com menos fome nas próximas refeições, consuma menos calorias e emagreça.

Para um emagrecimento saudável é fundamental a reeducação alimentar, composta por todos os grupos alimentares com moderação.

O que é salmonella?

Imagem: newscenter

Salmonelose é uma doença infecciosa provocada por um grupo de bactérias do gênero Salmonella. A Salmonella é transmitida ao homem através da ingestão de alimentos contaminados com fezes animais. Os alimentos contaminados apresentam aparência e cheiro normais e a maioria deles é de origem animal, como carne de gado, galinha, ovos e leite. Entretanto, todos os alimentos, inclusive vegetais, podem tornar-se contaminados. É muito freqüente a contaminação de alimentos crus de origem animal.

O cozimento de qualquer destes alimentos contaminados mata a Salmonella.

A manipulação de alimentos por pessoas contaminadas que não lavam as mãos com sabonete, pode causar sua contaminação.

A maior parte das pessoas infectadas com Salmonella apresenta diarréia, dor abdominal (dor de barriga) e febre. Estas manifestações iniciam de 12 a 72 horas após a infecção. A doença dura de 4 a 7 dias e a maioria das pessoas se recupera sem tratamento. Em algumas pessoas infectadas, a diarréia pode ser severa a ponto de ser necessária a hospitalização devido à desidratação. Os idosos, crianças e aqueles com as defesas diminuídas (diminuição da resposta imune) são os grupos mais prováveis de ter a forma mais severa da doença. Uma das complicações mais graves é a difusão da infecção para o sangue e daí para outros tecidos, o que pode causar a morte caso a pessoa não seja rapidamente tratada.

O que é Ovo pasteurizado?

Imagem: revistadeguste

A pasteurização, as claras e as gemas (juntas ou separadas) são rapidamente aquecidas e permanecem assim por um determinado tempo. Esse processo elimina a salmonella (e outras bactérias que fazem mal à saúde), sem cozinhar as gemas e as claras. Traz mais segurança alimentar. Diminui o risco de contaminação por causa da salmonella. Outros tipos de contaminação podem ser evitados, pois o ovo in natura tem a casca porosa. Qualquer 'coisinha' pode entrar enquanto os ovos estão estocados.

O ovo pasteurizado pode ser uma boa opção para quem cozinha bastante em casa, muitas vezes, fazendo pratos para a família toda. Entenda por quê:
  • 1 litro de ovo pasteurizado corresponde a 20 ovos in natura
  • Diminui o risco de contaminação
  • Não muda a cor, a textura ou o sabor do alimento
  • O processo de pasteurização não afeta os nutrientes do ovo
A desvantagem é o preço, que é maior que o de uma caixa de ovos, e depois de aberto o conteúdo deve ser consumido em até 24 horas.


Fontes:

Tudo o que você precisa saber sobre Ovos