O que é glúten e por que algumas pessoas não podem comê-lo?

9/23/2015 0 Comments


O que é glúten?

Glúten é uma proteína composta pela mistura das proteínas gliadina e glutenina, que se encontram naturalmente na semente de muitos cereais, como trigo, cevada, centeio e aveia. Todos os alimentos derivados desses grãos, como farinha de trigo, cerveja e uísque, também possuem glúten em sua composição.

É muito frequente surgir em determinadas embalagens de produtos alimentícios a frase: "Contém glúten". É um alerta para as pessoas intolerantes ao glúten não consumirem aquele produto.

O glúten se encontra no embrião de alguns grãos ou sementes. A sua capacidade de absorção de água e a sua viscosidade conferem à massa de farinha as propriedades que a tornam apta para a panificação. Como subproduto na obtenção do amido, é usado no fabrico de rações e alimentos ricos em proteínas e para a produção da glutamina.

Quando ingerido em excesso, o glúten pode provocar a diminuição da produção da serotonina, o que leva a um quadro de depressão mesmo nos indivíduos que não possuem nenhum problema de hipersensibilidade a essa proteína.

Por que algumas pessoas não podem comer?

Foto: hypescience

Por ser uma proteína de difícil digestão, é comum haver algum tipo de intolerância ao glúten, semelhante à que ocorre com a lactose do leite, embora neste caso se trate de um açúcar.



Já a alergia ao glúten é conhecida como doença celíaca. Não é a mesma coisa que a sensibilidade ao glúten, pois provoca uma reação imunológica e pode causar danos permanentes. A doença celíaca é uma condição autoimune e sua causa é desconhecida, embora os genes desempenhem um papel importante no seu desenvolvimento. Essa condição atinge com mais frequência mulheres adultas e geralmente é diagnosticada anos após ter se desenvolvido. Na doença celíaca, o glúten não pode ser completamente digerido pelo organismo, o que provoca uma resposta inflamatória do sistema imunológico.

A doença celíaca afeta o intestino delgado. Quando o glúten é ingerido, o sistema imunológico reage, e as vilosidades (saliências semelhantes a cabelos, que revestem o intestino delgado e são responsáveis ​​pela absorção de nutrientes) são danificadas, deixando de absorver nutrientes. Quanto mais danificadas, menos nutrientes absorvem. Em alguns indivíduos, o glúten não digerido pode causar sintomas perceptíveis em todo o trato gastrointestinal. Ao longo do tempo, os indivíduos com alergia ao glúten podem desenvolver deficiência de nutrientes.

A doença celíaca é incurável e pode ser difícil de administrar. A melhor maneira de prevenir os sintomas é evitar completamente alimentos que contenham glúten. Ao fazer isso, pode ser preciso ajustar sua dieta para aumentar a ingestão dos nutrientes que normalmente se obtêm a partir de alimentos que contêm glúten. É recomendável consultar um nutricionista ao eliminar o glúten de sua dieta. Às vezes, corticoides são utilizados para aliviar os sintomas quando uma dieta sem glúten não apresenta resultado imediato.

Dieta e obesidade:

Foto: mdemulher

Existem dietas que excluem totalmente o glúten da alimentação, porque algumas pessoas afirmam que o glúten está diretamente relacionado com a obesidade. Porém, especialistas afirmam que a eliminação total do glúten só é aconselhada a pessoas que sejam intolerantes a essa proteína.

Foto: pop

Nutricionistas também afirmam que como o glúten está presente em muitos carboidratos, a redução do glúten na alimentação implica uma redução nas calorias e consequentemente no peso, algo que acontece em qualquer tipo de dieta, com ou sem restrição do glúten.


Alguns alimentos que contém glúten:
  • Pão, torrada, bolacha, biscoito, massas, bolos,
  • Cerveja, pizza, salgadinhos, cachorro quente, hambúrguer;
  • Gérmen de trigo, triguilho, sêmola de trigo;
  • Queijos, ketchup, maionese, shoyo;
  • Salsicha, temperos industrializados;
  • Cereais, barrinha de cereais, xaropes e alguns remédios.
  • Hóstia distribuída na igreja católica; 
  • Molhos branco;
  • sopas desidratadas ou temperos prontos;

Alguns alimentos que não contém glúten:

Frutas, vegetais e carnes são naturalmente livres de glúten.

Outros alimentos livres de glúten:
  • Manteiga (certifique-se de não conter aditivos)
  • Queijo
  • Creme de leite
  • Ovos
  • Leite
  • Creme Azedo
  • Iogurte – puro e sem sabor
  • Soro de Leite
  • Farinha de Amêndoas
  • Amaranto
  • Farinha de Feijão
  • Arroz integral
  • Farinha de arroz integral
  • Trigo sarraceno
  • Mandioca
  • Farinha de milho
  • Fubá
  • Amido de milho
  • Semente de algodão
  • Semente de Linhaça
  • Farinha de Ervilha
  • Polenta
  • Pipoca – sem cobertura
  • Farinha de batata
  • Quinoa
  • Arroz
  • Sagu
  • Farinha de Soja
  • Farinha de Tapioca
  • Farinha de Inhame
  • Álcool (a maioria, menos a cerveja, a menos que seja sem glúten)
  • Bicarbonato de Sódio
  • Ervas
  • Mel
  • Geléia
  • Gelatina
  • Suco
  • Castanhas
  • Óleos
  • Sementes
  • Baunilha
  • Vinagre
  • Vitaminas
  • Vinho


Fontes:
O que é glúten e por que algumas pessoas não podem comê-lo?